VISITA AD LIMINA APOSTOLORUM

 

  1. De 9 a 17 de Junho de 2019, os Bispos da CEAST estiveram em Visita a Roma.
  2. Durante a Visita foram recebidos na Congregação do Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, na Congregação para a Evangelização dos Povos, na Congregação para a Doutrina da Fé, no Dicastério para os Leigos, Vida e Família, no Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral, no Pontifício Conselho para a  Cultura, no Tribunal Apostólico da Rota Romana, na Congregação para a Educação Católica, na Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica e na Congregação para a Causa dos Santos.
  3. Em todos estes lugares foram tratadas de maneira franca, aberta e cordial as mais diferentes questões relativas a cada um dos pelouros visitados, o que permitiu um mútuo enriquecimento e o crescimento do espírito de comunhão que nos une.
  4. Durante a sua permanência em Roma e no âmbito da visita, os Bispos rezaram nas 4 grandes Basílicas : a) Santa Maria Maior, no dia 11/6, para reforçar a nossa vocação mariana; b) São Paulo, no dia 14/6, honrando a memória do grande Apóstolo das gentes. Nesta Eucaristia participou a Comunidade angolana residente em Roma; c) Basílica de São João de Latrão, a Sé Catedral do Papa, 15/6, onde formos reforçar a certeza dos laços que nos unem ao Papa Francisco; d) Na Basílica de São Pedro, mas propriamente , no Túmulo do Apostólo São Pedro, onde renovamos a nossa fé na Igreja fundada pelos Apóstolos.
  5. Foram visitadas algumas Congregações que trabalham em Angola, nomeadamente , a Sociedade do Verbo Divino, a Congregação do Espírito Santo, as Irmãs de Santa Catarina e a Opera della Chiesa. Nestes lugares sentimos o pulsar da missão universal e a grandeza do acolhimento generoso e fraterno.
  6. O ponto mais alto da Visita aconteceu na manha de segunda-feira, 17/6, quando os Bispos foram recebidos por sua Santidade, o  Papa Francisco. Acompanhados de muitos sacerdotes estudantes em Roma, todos foram saudados individualmente pelo Santo Padre que a todos ofereceu uma lembrança.
  7. Durante uma hora e meia, num ambiente descontraído, o Santo Padre dialogou com os Bispos sobre as mais diferentes questões que assolam a Igreja, deu orientações, enviou uma bênção para todos os angolanos e pediu a oração de todos.
  8. Uma palavra de profundo e sincero agradecimento a todos os que tornaram possível a nossa Visita, na certeza de termos renovado a nossa vocação missionária e apostólica.
Roma, 18 de Junho de 2019.-
+ Belmiro Cuica Chissengueti,CSSp.- Porta voz da CEAST